Ocorreu um erro neste gadget

16.4.10

MUNICÍPIO DE TAIOBEIRAS

Com o apoio da Prefeitura Municipal desta cidade e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), a comunidade rural de Lagoa Grande realizou, nos dias 27 e 28 de fevereiro, a 17ª Festa do Pequi. O evento é uma iniciativa da Associação dos Moradores e o principal objetivo é resgatar e valorizar a cultura do pequi na região.

“A festa já virou tradição e todo ano tem alguma uma novidade. Este ano foi promovido um concurso de fotografia”, informou a extensionista Maria Sirlei Teixeira, da Emater. Conforme os organizadores, cerca de cinco mil pessoas prestigiaram a festa este ano, que teve variadas atrações musicais, teatro, cavalgada, torneios esportivos e concurso de redação, além do esperado concurso de roedor de pequi.
Todos os anos, a comunidade é transformada com a festa e os moradores não escondem o orgulho de promover o evento, já que o pequi é uma das principais fontes de renda local. Além das tradicionais barraquinhas com comidas típicas, o evento teve como destaque um animado Passeio Ciclístico Ecológico, inclusive com palestra sobre a preservação do Cerrado e de frutas típicas, como o araticum. Na oportunidade, os participantes plantaram mudas de plantas nativas do Cerrado.


"O pequizeiro é uma árvore do cerrado. Das chapadas nasce, cresce e frutifica, apesar da hostilidade da terra e dos homens. É como as aves do céu, os peixes dos rios, como pastagens nativas como todos os frutos silvestres. Não tem dono certo. Dono é quem os colheu. Por isso é que quando o pequi começa a soltar os frutos, os campos se povoam de mulheres, homens e crianças. O convite se espalha. Os moradores próximos do pequizeiro levantam cedo. Os frutos sazonados caem durante a noite. Um pequizeiro pode produzir até seis mil frutos, que vão amadurecendo paulatinamente e caindo... Quem chega primeiro pega maior numero de frutos... "

Para mais detalhes, consulte: taiobeiras@emater.mg.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PRODUÇÃO DE ALIMENTOS SUSTENTÁVEL NO VALE DO JEQUITINHONHA

BIODIESEL

object width="425" height="344">